Os bastidores da politica - Xandy Deputado?

26.05.2017

 

O EFEITO AMÂNCIO I

O próprio Amâncio me disse que um nome se faz na politica não pela sua popularidade, mas pelo numero de desafetos e encrenca que se cria. Ele quis me dizer que não é sendo “bom” ou “companheiro” que ganhamos espaço e sim pelas vias do embate. Dado aos recentes acontecimentos envolvendo o vereador devo admitir que ao menos ele vive o que acredita e por este momento, parece que sua tese esta correta.

 

Mesmo fazendo parte da base do Executivo, desde a eleição da presidência da Câmara, onde não conseguiu o apoio do prefeito e de seu grupo, rebelado se ajuntando naquele pleito a oposição, o vereador assumiu uma postura crítica e de oposição a gestão procopense atual. Seus discursos na Câmara ficaram críticos ao governo municipal, se posicionou contra projetos do Executivo e sempre que podia, espetava com vários pedidos de informação, visando ocupar a maquina em detrimento aos afazeres de urgência da municipalidade.

 

Em vez de ser penalizado ou ter chamada sua atenção, Amâncio que já tem vários filhos nomeados em cargos públicos, passou por cima de todos demais vereadores que mesmo sendo base não conseguiam acertar simples indicações de serviços, emplacou sua filha em um cargo no Instituto das Águas em Curitiba, com DAS-5, um salário maior do que da vice prefeita de Cornélio Procópio, provando sua tese que é “batendo que se recebe”.

 

O EFEITO AMANCIO II

Claro que isso causou um mau estar enorme entre os demais vereadores da base, que defendendo e brigando pela gestão, tendo negado vários de suas próprias solicitações, engolir mais uma nomeação ao vereador que se rebelava. O grupo dos vereadores teriam se reunido e se articulado através do líder do prefeito, vereador Edimar Gomes, uma reunião para resolver esta questão, mas de novo Amâncio surpreende e se apresenta como novo líder do Executivo local maximizando a frase “quanto pior, melhor”.

 

Esta novela com ares de mexicana já gerou vários desdobramentos e poderá agravar em muito a relação entre o Executivo e o Legislativo a partir das rusgas, criadas junto aos vereadores desprestigiados dentre os quais já disseram: “ou equaliza para ser justo com todos ou vamos fazer questão de saber quando a nova nomeada muda para Curitiba e quais suas funções naquela autarquia, uma vez que aqui nunca foi muito presente”. E completou: “mas temos entendimento que com uma boa conversa conseguiremos ultrapassar este episódio, que não diria ser uma “pedrinha” pelo incômodo que causou, mas um “pedregulho” que devidamente detalhado, pode ser resolvido”.

 

CRISE NA VICE...

Informações dão conta que a vice prefeita, Angélica Olchaneski, teria pedido afastamento de suas funções “extras” no Executivo. Tentamos contato com ela por telefone, mas até agora não logramos êxito e não sabemos informar se a nota e verídica e quais os  reais motivos deste.

 

XANDY DEPUTADO FEDERAL? izem que a oportunidade é um cavalo atrelado que passa uma vez só. Se isso for verdade o prefeito de Nova America da Colina, Alexandre Basso, o Xandy, não pretende perder tal momento e já se declarou “pré” candidato a DEPUTADO FEDERAL pelo PTB com o apoio de Deputado Federal Alex Canziani, que com sobras de voto teria condições de levar mais alguém consigo, como fez nas últimas eleições ajudando a eleição de Diego Garcia. 

 

Basso que já teria inclusive o apoio de várias lideranças regionais, já teria comunicado inclusive seus correligionários que renunciará ao cargo de prefeito para este fim.

Esta mesma estratégia teria sido oferecida ao prefeito de Cornélio Procópio Amin Hannouche, que vinha estudando a oportunidade. Enquanto alguns mais chegados a Amin, apontavam para a vaga de DEPUTADO ESTADUAL, dado a amizade e parceria com o Romanelli (deputado Estadual), via-se um empecilho pessoal em pleitear esta vaga, outros entendiam que a estratégia para Federal nos moldes ofertados por Alex, garantiria também uma dobradinha com o próprio Romanelli. Mas agora com o anúncio de Alexandre Basso, se Amin tiver mesmo a intenção, deverá repensar a estratégia e acelerar os passos, pois o “tal” cavalo, parece ter passado batido em Cornélio Procópio e foi beber água lá em Nova América da Colina.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Publicando o impublicável desde 2011

  • Facebook Black Round
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now