Conselho da UENP libera curso de medicina para o campus de Cornélio Procópio com vestibular já para 2019

18.09.2018

O tão esperado curso de medicina pleiteado para o campus de Cornélio Procópio acaba de ser aprovado no Conselho Superior de Ensino Pesquisa e Extensão da UENP. 

 

Em julho deste ano  a  governadora Cida Borghetti, que esteve na cidade e assinou a autorização para instalação do curso de Medicina na presença da reitora da UENP, campos Cornélio Procópio,  Fatima Aparecida Cruz Padoan e o prefeito Amin que também assinaram o documento. 


 

A governadora previu que, em 40 ou 50 dias, o governo do estado, através da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, já terá concluído os estudos que viabilizam o funcionamento do curso , com vestibular para início de 2019 e início das aulas no segundo semestre desse ano. 


“Estou muito atenta à parte jurídica dessa questão e não estaria aqui hoje se não tivesse a certeza absoluta de que é possível viabilizar o curso para esta região do Estado, abrindo quarenta novas vagas para acadêmicos desse curso”, disse a governadora na época.


A reivindicação  já antiga, havia se tornado uma “batalha” política entre três cidades do Norte Pioneiro no primeiro semestre de 2014 quando havia a possibilidade do curso ser criado pelo Ministério da Educação em Santo Antônio da Platina, Bandeirantes ou Cornélio como uma extensão da Universidade Federal do Paraná, naquela ocasião, depois de diversas ações e pressões junto ao reitor da UFPR e participação da comunidade regional, acabou infrutífera, não beneficiando nenhum dos pretendentes.

 

Já no caso da UENP, as articulações do prefeito de Cornélio Procópio, Amin José Hannouche e seus parceiros políticos como a familia Barros do Ministro Ricardo Barros e sua esposa, recém empossada governadora do Estado, encontrou o apoio que viria ser o impulso necessário para esta conquista histórica. 

 

 

“O trabalho articulado dos nossos deputados, Alex Canziani e Romanelli,  com apoio da reitoria da universidade e inumeras outras lideranças locais e regionais, sensibilizaram  a governadora. Nossa região só tem a ganhar e prosperar com um projeto destes e muito mais nossa cidade que soma a este esforço outros exemplos de conquistas como nosso hospital Regional (que também poderá ser tornar hospital universitário) e a duplicação da BR 369, consolidando a nossa realidade de cidade polo em crescimento e expansão". 


"Jamais uma cidade como Cornélio, com aproximadamente 50 mil habitantes, teria a oportunidade de ter um curso de medicina. Só foi possível pela força da união da nossa região", completou o prefeito Amin.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Publicando o impublicável desde 2011

  • Facebook Black Round
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now