Voando mais alto em tempos de crise no exemplo da águia

22.11.2018

Nos desafios da vida, quando tudo parecer se encerrar, pode ser apenas mais um motivo para não se acomodar e renovar suas forças e continuar. Esta crônica pensa a vida no exemplo da águia.

 

A águia nasceu para alcançar os mais altos vôos. É a ave mais determinada e perseverante dentre todas as suas espécies.  A águia vive no alto, pois é do alto que vem o poder de restauração em seu ciclo de vida.

 

A visão da águia é a sua mais poderosa ferramenta. Ela pode enxergar a sua caça num raio de até 1,5Km de distância. Sua visão é oito vezes maior que a de um ser humano. A águia é forte, tem visão aguçada, sua cabeça pode girar em até 180 graus. Seus bicos são fortes, sua língua dura como a pedra. Mas, ao 40 anos a águia começa a envelhecer.

 

Ela então passa pela decisão que é a mais importante de sua vida: morrer ou continuar vivendo. "Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência” ( Deuteronômio 30:19).

 

É aqui que muitos se perdem, na hora das escolhas. A vida do ser humano é uma vida de escolhas. Muitos já se foram porque fizeram a escolha errada em propósitos errados e sem objetivos concretos. A cada momento você tem que optar por coisas que farão a diferença na sua vida. Pode ser uma boa escolha, mas poderá ser uma má escolha. O bem ou o mal? A bênção ou a maldição? A vida ou a morte?

 

Mas você pode ir além. Não se deixando tomar a forma do que te envolve mas fixando em objetivos cada vez mais altos, posse a exercitar vida e em vez de se entregar ou desistir, insistir e se renovar. Na maioria das vezes os marcos de crise de nossas vidas são apenas marcações de estágios vencidos e novos estágios. Não um fim em si, mas um trampolim de experiências para novos começos ou começos de novas coisas.

 

Voltando ao exemplo da águia, a natureza dela, contudo, não lhe dá motivo para escolher a primeira opção. Ela vai escolher a VIDA! Então é ai que ela se retira para renovar, reviver, nascer de novo. Nasce um novo tempo, um novo bico, novas unhas e novas penas. Ela alonga a sua vida em mais trinta anos depois dessa decisão de se renovar. Daqui tiramos outra grande lição: A PERSEVERANÇA!

 

MAS TEM HORA QUE TUDO PARECE FICAR AINDA PIOR....O QUE DEVO FAZER?

 

A águia nunca se esconde da tormenta, ao contrário disso, ela atravessa as nuvens negras, voa além dos trovões e além dos raios para encontrar um lugar seguro para a sua restauração. ENTÃO NÃO FUJA! ENFRENTE para seguir em frente. Seja uma Águia!

 

A imagem da águia está associada à liderança, elevação, determinação, superação e vitória. 

 

Hoje em dia, nos mundos dos negócios e empreendimentos, na vida, usa-se muito a seguinte expressão: “visão de águia”  sempre representando pessoas visionárias e que enxergam além e conseguem avançar, superar limites e chegar ao topo.

 

Os ensinamentos da águia: 

Da sábia águia podemos extrair várias lições, seguem algumas delas:

 

Lição 1

A águia é independente e confiante, não tem medo de voar sozinha, de encarar grandes alturas e mudanças.

 

Lição 2

Ela observa com atenção, olhando à distância, para ter uma melhor visão do todo, visando o reconhecimento do meio, no qual está inserida.

 

Lição 3

A águia enfrenta a tempestade para chegar onde almeja.

 

Lição 4

A águia mãe ensina seu filhote a voar, empurrando-o do ninho ou seja ela, ensina ele a ser forte e confiante e não mimado e super protegido.

 

Lição 5

Essa ave, ao envelhecer, arranca as próprias penas, unhas e bico e nos dá o exemplo de renovação. A águia nos inspira a nos desfazer do que não serve mais e está ultrapassado, nos mantendo estagnados e presos em condicionamentos limitantes.

 

NÃO DESISTA! LUTE, ENFRENTE! E VAMOS EM FRENTE!

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Publicando o impublicável desde 2011

  • Facebook Black Round
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now