REGIONALIZAÇÃO: Mirele Lázaro representa a 18ª Regional de Saúde em qualificação geral de ouvidores em Curitiba

Seguindo a estratégia de regionalização da governança proposta pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, a 18ª Regional de Saúde vem ampliando os canais de comunicação no reforço a prevenção, publicidade, economicidade e relações com a comunidade nas ações da Secretaria de Saúde para o norte paranaense.

 

 

Neste mesmo sentido, vislumbra-se também a capacitação continuada de seus profissionais, como a que se deu nesta última  terça e quarta-feira (9,10) aos 22 (vinte e dois) ouvidores regionais de saúde, com destaque para a participação da ouvidora Mirele Lázaro, de Cornélio Procópio, que assim sendo, inaugura a estratégia do governo estadual e já implanta a visão de trabalho regional do governo a partir do reforço a qualificação dos serviços e profissionais e dna implantação de novos canais de comunicação social e institucional.

 

Em conformidade com as orientações do Secretário Beto Preto e na estratégia de inovação e regionalização proposta pelo governador, a proposta da ouvidoria geral para essa gestão é a qualificação dos profissionais envolvidos, já dando inicio pelas ouvidorias, na capital do Estado esta semana, onde a 18ª Regional de Saúde representada pela ouvidora Mirele Lázaro, se reuniu com os demais ouvidores, onde trabalharam as questões comuns e experiências mais especificas vislumbrando a melhoria do sistema em cada região pelo Estado.

 

A própria ouvidora já havia anunciado em recente visita a Bandeirantes esta disposição, quando dissertou dos cursos de capacitação que estariam para acontecer, inaugurando no encontro em Curitiba, esta estratégia de trabalho.

 

Nisto, pré anunciava o espírito de regionalização da gestão do atual governo, com sua presença na qualificação profissional que se daria em Curitiba, na sede da SESA - Secretaria de Estado da Saúde. 

 

Tais treinamentos serão uma constante, onde os profissionais da saúde poderão aprofundar seus conhecimentos sobre temas e técnicas direcionadas para melhor desenvolvimento das rotinas funcionais de cada regional e a devida lisura esperada com os gastos públicos para uma melhoria no atendimento ao público do sistema SUS. “A qualificação profissional aliada uma acertada estratégia de regionalização é o acerto das ações mais diretas, diminuindo a burocracia e reduzindo custos, ao trocar experiências que nos capacitam a antever situações que por exemplo prático, possam se tornar menos onerosos aos cofres públicos e mais eficaz e contemplativo ao usuário do sistema”, disse.  

 

PARA O SESA

 

Atualmente o Estado do Paraná conta com uma rede de aproximadamente 524 ouvidorias do SUS (ouvidorias regionais, ouvidorias dos hospitais próprios e unidades próprias, e também de hospitais contratualizados).

Sendo assim, tendo em vista que dentre os 399 municípios que compõe o Estado, cada um conta com ao menos uma ouvidoria, se faz necessário a qualificação desses profissionais para padronizar e regulamentar o serviço, visando a excelência e a melhoria do atendimento a população.“A gestão da secretaria acredita muito que a ouvidoria é um canal de extrema importância para que possamos atender a demanda principal que é entregar um serviço de qualidade para a sociedade”, posicionamento da diretoria geral da Secretaria de Estado, da Saúde no Paraná.

 

A proposta da qualificação nas regionais de saúde, neste caso, atende um programa de gestão pensado a partir destas reuniões técnicas entre os ouvidores regionais com os ouvidores de sua abrangência.

 

Ainda este ano, estão programadas quatro reuniões macro-regionais que ocorrerão entre setembro e outubro, e o 2º Encontro Estadual de Saúde, que será realizado em novembro. “Esse trabalho é muito importante, não é um trabalho fácil. Nós trazemos essa qualificação para fortalecer a base das ouvidorias e reforçar a melhoria no serviço prestado a população”, disse Yohan Garcia de Souza, ouvidor geral da saúde da Sesa.

 

NOSSA OUVIDORIA

 

Nossa ouvidoria é parte integrante da Ouvidoria Geral de Saúde – SUS/PR, e é um mecanismo institucional de participação social onde a população, usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), participa da gestão através de reclamações, denúncias, críticas, sugestões e elogios.

 

O objetivo principal deste departamento é o aperfeiçoamento da qualidade e eficácia das ações e serviços prestados pelo SUS, sendo este, um Instrumento de Gestão e Cidadania e um mecanismo institucional de participação social onde o usuário participa da gestão através da ouvidoria. Que por sua vez é um instrumento da gestão para o aperfeiçoamento da qualidade e da eficácia das ações e serviços prestados pelo SUS
 

COMO SE UTILIZAR CORRETAMENTE DO SERVIÇO

 

PONTE - A Ouvidoria da Saúde é a ponte que liga a instituição pública e a população, como um Instrumento de gestão onde o usuário pode registrar gratuita e anonimamente denúncias, reclamações, sugestões, solicitações de informações e elogios. Desde o início do ano já foram registradas mais de 25 mil demandas.

Como registrar sua manifestação: Antes de registrar uma manifestação na Ouvidoria de Saúde do SUS - SESA, procure o órgão e/ou instituição envolvida com a resolução de seu problema ou questionamento, podendo ser a Unidade Básica de Saúde, Laboratório ou Clínica, Secretaria Municipal de Saúde ou outras instituições vinculadas ao Sistema Único de Saúde. Desta forma, você terá mais agilidade na solução do seu problema.

Entretanto, se você tentou e não obteve sucesso, primeiramente entre em contato com a Ouvidoria de Saúde do seu município de residência, ou ligue (GRATUITO) para 0800 644 44 14. Este número de telefone identificará o município de origem de sua ligação e direcionará para a Ouvidoria Regional de Saúde a que o município pertence

Na Ouvidoria do Estado do Paraná, você cadastra sua solicitação através do Sistema Integrado para Gestão da Ouvidoria Geral do Estado- SIGO.

 

Após o registro, será enviada por e-mail uma confirmação do recebimento da manifestação, juntamente com uma senha e login para acompanhar o andamento do seu processo. Atualmente o Estado do Paraná conta com 22 Ouvidorias Regionais, 18 Ouvidorias nos Hospitais Próprios, 25 nos Consórcios Intermunicipais de Saúde, 58 em Hospitais contratualizados e 382 ouvidorias municipais. Você pode entrar em contato com a Ouvidoria Geral também pelo site www.saude.pr.gov.br.

 

18ª RS – CORNÉLIO PROCÓPIO  - WEB: www.saude.pr.gov.br

Ligação Gratuita: 0800 644-4414   -  Mirele Aparecida Lázaro

R. Justino Marques Bonfin, 17 - CEP 86.300-000

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Publicando o impublicável desde 2011

  • Facebook Black Round
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now