Resultado de ENQUETE: Amin 45%, José Antônio 24%, Edimar Gomes 17% e Raphael Sampaio 14%.

24.08.2019

 

Depois de dias de participação generosa, encerramos nossa enquete com os números de nossa manchete: 

 

Amin 45%, José Antônio 24%, Edimar Gomes 17% e Raphael Sampaio 14%.

 

Mas antes de mais detalhes, entendemos ser proveitoso e oportuno, reforçar que enquete não se trata de pesquisa eleitoral. Que pesquisa eleitoral é uma coisa e enquete é outra completamente diferente.

 

Enquanto que na “pesquisa” se revele presente devida metodologia para coletada de dados em seus vários perfis, na “enquete” uma pergunta direta de opinião. A que tem valor legal em uma campanha é a “pesquisa “.

 

A pesquisa eleitoral é uma consulta técnica, dotada de padrão científico, com suas regras próprias determinadas pelo Tribunal Superior Eleitoral e registro obrigatório junto à Justiça Eleitoral.  

 

Já a enquete eleitoral é uma forma de consulta informal, sem respeitar nenhuma regra técnica e\ou científica e sem a necessidade do seu registro na Justiça Eleitoral. Aqui é uma consulta sem padronização.

 

O eleitor consultado diz em qual candidato irá votar, sem ter acesso a nenhuma lista de nomes.

 

No  caso da nossa enquete feita dentro de agosto, de 08 de agosto a 22 de agosto, foram 15 dias de consulta interagindo no blog, a partir de voto por IP (terminal computador) com 500 que responderam a seguinte pergunta: “ Se as eleições fossem hoje e os candidatos estes, qual seria sua preferência ?”

 

O tri-prefeito Amin Hannouche aparece destacado na frente como preferência da maioria dos participantes da enquete com 45%.

 

Com menos da metade do primeiro colocado, o segundo, o ex-prefeito e médico José Antônio de Otoni da Fonseca com 24%. O presidente do Legislativo Procopense, vereador Edimar Gomes Filho ficou em terceiro com 17%, ficando o também vereador Raphael Sampaio com 14%, ficando em quarto lugar na consulta informal do bg.


CONJECTURANDO


Embora tenhamos apresentado uma “mera enquete”, sob nossa análise o apontamento não destoa muito da temperatura politica medida por outros órgãos e sondagens de números oficiais já publicados. A preferencia pela continuidade do atual prefeito (sendo reeleição para Amin) é esmagadora sobre seu principal adversário, colocando praticamente dois votos por um sobre este, 45% x 24%.

 

Sem desprezar a sondagem dos vereadores, dos 17% do vereador Edimarzinho e 14% do Raphael, somando os valores de cada um por afinidades de grupo. para uma visualização polarizada da uma dica bem lógica sobre uma possível realidade do quadro politico procopense.

 

No agregar com Edimarzinho, o atual prefeito Amin Hannouche passaria a ter R$ 62% da preferencia popular contra 38% de José Antônio e Raphael. Ou como se identificariam as forças, nos bastidores da cultura politica local em grupos, o resultado seria;

 

Grupo Amin 62% x 38% grupo dos Fonseca. Desta forma Amin seria reeleito. Mas lembre-se que é apenas uma ENQUETE e uma CONJECTURA.  

 

FOTOS: Acima Edimar Gomes Filho com Amin, abaixo Ex-prefeito e ex-deputado Hermes Fonseca com o ex-prefeito José Antonio. Vereador Raphael Sampaio, filho do saudoso e folclórico vereador Ruy Sampaio.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Publicando o impublicável desde 2011

  • Facebook Black Round
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now